1180a
1180aX

Selene, Éos, Céfalo e seu cão

c. -430

Cálice-cratera ática de figuras vermelhas. Puglia / cena B

 
1180
Hélio emerge do mar / imagem principal
 
1180a
Selene, Éos, Céfalo e seu cão / cena B
 
1180b
/ vista panorâmica
 
1180c
Selene / detalhe da cena B
AcervoLondres, Museu BritânicoInventário1867,0508.1133Fonte / ©The Trustees of the The British MuseumLicençaCC BY-NC-SA 4.0Iluminura1180a

Comentários

A cena representa o nascer do sol e o desaparecimento das estrelas. Hélio, o sol (disco radiado atrás da cabeça), dirige uma quadriga de cavalos alados em movimento ascendente, enquanto as estrelas, representadas como meninos, mergulham no oceano.

No canto inferior esquerdo, não muito visível, se vê um jovem no topo de uma montanha com os braços erguidos — provavelmente Eósforo, a estrela da manhã. Na Fig. 01180b se vê a posição da cena principal no vaso.

Em outra parte do vaso, à esquerda e no alto, Selene, a lua, está sobre um cavalo cujas pernas desapareceram, o que representa o ocaso do astro (Fig. i1180c). Dominando praticamente toda a cena dessa parte do vaso (Fig. i1180a) estão Céfalo, perseguido por Éos, a aurora, e o cão de Céfalo, que parece latir para a lua.

Veja outra imagem da carruagem de Hélio em iluminuras relacionadas.