699
0699X

Túmulo de poço Ε do círculo tumular B

-1650/-1550

Foto moderna pós escavação. Micenas

ImagemSchuppi, 15/07/2014Fonte / ©Wikimedia CommonsLicençaCC BY-SA 3.0Iluminura0699

Comentários

O Círculo Tumular B, datado de -1650/-1550 e explorado entre 1952 e 1954 por J. Papadimitriou e G. Mylonas, continha 24 túmulos, quase todos do tipo “poço”. Apenas um deles era em cista (túmulo Π, Fig. 0120).

Fig. 0063. Esquema de túmulo de poço do Círculo Tumular B de Micenas.

A maior parte dos túmulos do Círculo B são retangulares, de tamanho variável, com cerca de um metro de profundidade (Fig. 0063). O chão era em geral recoberto de cascalho e cercado por uma espécie de muro de tijolos crus ou pedras pequenas, recoberto por uma laje sobre a qual era colocada a terra. O(s) morto(s) e os presentes fúnebres eram colocados no espaço entre a laje, o chão e o muro.

Quando havia necessidade de outro sepultamento, a terra era retirada e a laje deslocada; os corpos mais antigos eram afastados para dar lugar ao recém-chegado e, a seguir, recolocava-se a laje. A sepultura, finalmente, era mais uma vez recoberta de terra.

Quanto mais recente o túmulo, maior a quantidade e a riqueza dos presentes fúnebres. O túmulo Ε não continha esqueletos, apenas presentes fúnebres. Observar as pedras nas duas paredes laterais do poço.