457
0457X

O nascimento de Afrodite

sæc. i

Afresco policrômico da Casa da Vênus na Concha, Pompeia

ImagemBenjamín Núñez González, 29/07/2016Fonte / ©Wikimedia CommonsLicençaCC BY-SA 4.0Iluminura0457

Comentários

A deusa Afrodite nua, saindo do mar em uma concha ou não, é um dos temas mais recorrentes entre os artistas da Antiguidade: a Vênus ou Afrodite anadyomene (gr. ἀναδυομένη), Afrodite ‘que emerge do mar’.

Em representações do final do Período Clássico em diante, a deusa muitas vezes é acompanhada de dois erotes (e.g. Ilum. 0912, infra).

O afresco foi descoberto em 1960 e é, supostamente, cópia romana inspirada em retrato de Campaspe, amante de Alexandre, o Grande, pintado no século -IV por Ápeles de Cós.

Há uma grande semelhança entre o afresco de Ápeles e a célebre pintura de Sandro Boticelli (Ilum. 0913, infra), que a criou sem conhecer o afresco pompeiano.