365a
0365aX

O jogo de Aquiles e Ájax

-530

Ânfora ática de figuras negras
Vista panorâmica

Exéquias

 
0365
O jogo de Aquiles e Ájax / cena A
 
0365a
Vista panorâmica
AcervoCidade do Vaticano, Museus VaticanosImagemXiquinho Silva, 28/04/2009Fonte / ©FlickRLicençaCC BY 2.0Iluminura0365a

Comentários

Pouco antes dos combates em Troia, Aquiles (guerreiro da esquerda) e Ájax, filho de Télamon (guerreiro da direita), se distraem com um jogo de tabuleiro, diante deles. O jogo, uma espécie de gamão, combinava habilidade e sorte. Os dados eram lançados e o resultado permitia ao jogador um determinado movimento.

A cena se passa em Áulis, enquanto os navios gregos aguardavam ventos favoráveis para partir rumo a Troia, e foi descrita por Eurípides nos vv. 192-7 da tragédia Ifigênia em Áulis, representada em -405. Eurípides, no entanto, relata que era Protesilau quem lidava com o tabuleiro.

Note-se, além da economia de traços que definem o rosto e demais detalhes anatômicos dos dois jogadores, o delicadíssimo trabalho de Exéquias nas incisões dos mantos e os escudos atrás de cada um. Na Ilum. 0365a vê-se o aspecto geral do vaso e a localização da cena.

Nesta imagem, em particular, as palavras escritas por Exéquias estão razoavelmente nítidas: ΑΧΙΛΕΟΣ (esquerda), ‘Aquiles’; ΑΙΑΝΤΟΣ (direita), ‘Ájax’; etc.