O escudo de Héracles

Seção: literatura grega
Ἀσπὶς Ἡρακλέους Scutum Herculis Hes. Sc. -625/-550
página esquemática / provisória
iiniHéracles enfrenta Cicno

O único poema pseudo-Hesiódico que sobreviveu na íntegra foi intitulado Escudo de Héracles (gr. Ἀσπὶς Ἡρακλέους) e data, provavelmente, do fim do século -VII ou primeira metade do século -VI.

O poema tem cerca de 500 versos e descreve a luta de Héracles, auxiliado por Iolau, contra Cicno, filho de Ares. O ponto alto do poema é uma descrição do escudo utilizado por Héracles no combate, literariamente bem inferior à descrição do escudo de Aquiles na Ilíada (18.478–608).

Desde a época de Aristófanes de Bizâncio se sabe que o anônimo autor copiou os primeiros 56 versos de outro poema pseudo-hesiódico contemporâneo, o Catálogo das Mulheres.

Principais manuscritos com o texto completo: Ambrosianus C 222 inf. (fim do sæc. XII), Laurentianus 32.16 (1280), Laurentianus conv. soppr. 158 (sæc. XIV).

Editio princeps: a Aldina (1495). Edições modernas: Evelyn-White (1914), Mazon (1928), Solmsen, Merkelbach e West (31990), Most (2007).

Traduções para o português: Torrano (2000).