logo

Hecateu de Mileto

Seção: geografia grega
Ἑκαταῖος Μιλήσιος Hecataeus Milesius Historicus Hecat.c. -550 / -476
página em construção
Ἑκαταῖος Μιλήσιος ὧδε μυθεῖται· τάδε γράφω, ὥς μοι δοκεῖ ἀληθέα εἶναι· οἱ γὰρ Ἑλλήνων λόγοι πολλοί τε καὶ γελοῖοι, ὡς ἐμοὶ φαίνονται, εἰσίν

Hecateu de Mileto conta o seguinte: escrevo o que considero verdadeiro, pois os numerosos relatos dos gregos me parecem ridículos.

O logógrafo Hecateu de Mileto dedicou-se à política de sua pólis e tentou dissuadir, em vão, seus concidadãos a não se revoltar contra os persas em -499 (Hdt. 5.36 e 125).

iO mapa-múndi de Hecateu

Fez várias viagens e escreveu diversos relatos sobre suas descobertas. Atribui-se a ele duas obras, Viagens pela Terra, onde desenhou um mapa, que pôde ser parcialmente reconstituído, e descreveu os países e seus habitantes[1], e Genealogias, na qual tentou racionalizar as tradições genealógicas gregas.

Era bastante cético (ver epígrafe) mas aceitava, por outro lado, a historicidade dos versos de Homero.

Heródoto conhecia muito bem seus escritos e, embora tenha feito críticas à obra e ao método do autor, utilizou liberalmente muitas informações coligidas por Hecateu, notadamente sobre o Egito.

Temos uma boa quantidade de fragmentos das duas obras, coletadas por Creuzer (Heidelberg, 1806), Klausen (Berlim, 1831) e Müller (Paris, 1841). Não há nenhuma tradução desses fragmentos para o português, com exceção das passagens de Heródoto que contêm trechos dos escritos de Hecateu — embutida, é claro, nas diversas traduções do livro de Heródoto.