Dinarco

Seção: literatura grega
Δείναρχος Dinarchus Orator Din.
página esquemática / provisória
iiniMoeda com Pégaso e Atena

O orador Dinarco (gr. Δείναρχος), meteco[1] nascido em Corinto por volta de -360, mudou-se para Atenas a fim de estudar com o filósofo Teofrasto (-371/-287).

Seu trabalho junto aos acusadores do caso Hárpalo (-324) tornou-o famoso e propiciou-lhe, de -322 em diante, brilhante carreira de logógrafo[2]. Em -307, já rico, retirou-se para Cálcis, mas retornou a Atenas em -292 e faleceu pouco depois, em -290.

Obras

Três de suas orações sobreviveram, todas elas relacionadas com o caso Hárpalo: Contra Demóstenes, Contra Aristogiton, Contra Filocles. Críticos antigos e modernos consideram-no medíocre, “uma imitação pobre de Demóstenes” (Gagarin, 2003) e exemplo acabado da decadência da oratória ática.

Manuscritos, edições, traduções