Homero / Odisseia 19.559-67

Seção: mitologia grega
Od. 19.559-67
gr
texto grego

Trecho do Livro XIX da Odisseia. Penélope, sem saber que fala com seu marido Odisseu, disfarçado de mendigo, descreve o reino dos sonhos.

E então a sábia Penélope respondeu-lhe novamente: 560 "Estrangeiro, os sonhos são verdadeiramente confusos, ambíguos e, para os homens, nem tudo se cumpre. Pois são dois os portões dos tênues sonhos: um é feito de chifre, e o outro de marfim. Os sonhos que passam através do cerrado portão de marfim 565 enganam, trazendo promessas que não se cumprem; mas, os que saem pelo polido portão de chifre, esses se cumprem, para os mortais que os vêem."