logo
\ 270 palavras

Timocles / Fr. 6

Timocl. Fr. 6c. -340/-317
grver
texto original

Timocles justapõe, neste saboroso fragmento da comédia Mulheres que celebram as Dionísias (gr. Διονυσιάζουσαι), personagens de tragédias célebres. Ele procurou demonstrar, de forma cômica, que a tragédia tem efeito consolatório e terapêutico, e que seus atrativos alcançam também o homem comum.

Tradução apresentada no VI Colóquio do grupo de pesquisa “Estudos sobre o Teatro Antigo” (São Paulo, USP, 21/03/2017).
F 6
Meu caro, ouve e considera o que vou te dizer. O homem é, por natureza, um animal sofredor e a vida traz, em si mesma, muitas dores; assim, ele encontrou para as preocupações estes 5 alívios, pois a mente das pessoas deixa de notá-las ao ser distraída pelo que ocorre a outrem, e com satisfação se distancia e ao mesmo tempo se instrui. Primeiro, se queres, examina os poetas trágicos: como ajudam a todos! Aquele que é pobre, 10 ao observar que Télefo é mais pobre do que ele, já suporta melhor a pobreza. Aquele está um tanto louco? Examina Alcmeon. Alguém sofre de oftalmia? Os filhos de Fineu são cegos. O filho está morto? Níobe alivia suas penas. 15 Alguém está mancando? Olha só Filoctetes. Alguém é desafortunado na velhice? Observa Eneu. Quando alguém percebe que essas coisas são piores e que os outros são mais desafortunados, reflete... e se queixa menos dos próprios infortúnios.

N.B.

Considerando-se o prestígio e o impacto das tragédias de cada autor na Antiguidade, acredito que os personagens citados por Timocles podem ser atribuídos sem dificuldade às seguintes tragédias homônimas: Télefo, Alcmeon e Eneu de Eurípides; Fineu e Níobe, de Ésquilo; e Filoctetes, de Sófocles. Com exceção do Filoctetes sofocliano, desses dramas restam apenas alguns fragmentos.