logo

Basílio de Cesareia

página esquemática / provisória

O teólogo cristão Basílio de Cesareia, conhecido por São Basílio, o Grande (gr. Ἅγιος Βασίλειος ὁ Μέγας) após sua canonização, viveu entre 329/330 e 379. Foi um dos precursores da vida monástica, prática que regulou a vida dos monges em torno de mosteiros e abadias ao longo da Idade Média europeia.

Basílio

Grande pregador e defensor do cristianismo ortodoxo, amigo de Gregório de Nazianzo, opôs-se energicamente ao arianismo, heresia que se tornou bastante proeminente de meados do século IV em diante. Foi consagrado Bispo de Cesareia (Capadócia, Ásia Menor) em 370. Seus embates com o imperador romano Valente (328/378), adepto do arianismo, de certa forma estabeleceram limites à influência do poder político sobre o poder religioso ao longo dos séculos seguintes.

Diversas homílias, exegeses e preceitos morais chegaram até nós. Um de seus textos mais notáveis é o ‘Discurso aos jovens: como se beneficiar da Literatura grega’ (gr. Πρὸς τοὺς νέους, ὅπως ἂν ἐξ ἑλληνικῶν ὠφελοῖντο λόγων), no qual encoraja os jovens a estudar os textos gregos.

 

leia mais